Por que eu ouço zumbidos?

02/24/2021

O zumbido no ouvido é aquele ruído dentro dos ouvidos que pode ser incômodo, muitas vezes escutado em lugares mais silenciosos, que pode ser temporário ou crônico. “Por que eu ouço zumbidos?” é uma pergunta muito comum e hoje vamos te ajudar a entender. Vem com a gente!

por-que-eu-ouço-zumbidos

Saiba mais sobre o zumbido no ouvido

Como citamos acima, o zumbido pode ser temporário – como quando saímos de shows e festas com sons muito altos – ou crônico. No segundo caso, em sua forma crônica, o sintoma não tem cura, no que se entende pela desativação de áreas centrais mais ativas, mas o tratamento para zumbido no ouvido possibilita um dia a dia bem mais confortável aos pacientes.

Para entender mais sobre este ruído é importante saber que ele tem diversas causas ou fatores relacionados. Que a principal causa é a perda auditiva e que os diversos fatores relacionados nem sempre estão diretamente ligados ao sistema auditivo.  

O zumbido pode ser percebido de diferentes formas como por exemplo:

  • apito;
  • sirene; 
  • rádio;
  • mosquito;
  • chiado;
  • cachoeira;
  • abelha.

Se você está ouvindo algum desses ruídos, mas não tem certeza de qual é o tipo, em nosso site você pode ouvir cada um deles e identificá-los de forma mais clara.

Por que eu ouço zumbidos?

Para entender o que causa o zumbido no ouvido, é preciso saber primeiramente que o zumbido é um sintoma advindo de diversas possíveis causas e que alguns fatores de risco são observados. Confira:

  • Perda auditiva por diversos motivos, como:
    • Fones de ouvido frequentes e em volume alto
    • Grande quantidade de cera no ouvido
    • Infecções no sistema auditivo
  • Alterações sistêmicas que possam interferir na função auditiva, como:
    • Hipertensão
    • Diabetes
    • Colesterol alto
    • Excesso de açúcar, cafeína e sal
  • Problemas na articulação temporo-mandibular
  • Bruxismo
por-que-eu-ouço-zumbidos

A partir daí, podemos relacionar diretamente alguns desses fatores com as possíveis causas. Entenda o que comumente causa os zumbidos:

  • Perda de audição

O zumbido pode ser percebido pelo paciente que está com algum grau de perda auditiva ou mesmo com perdas auditivas não percebidas clinicamente ou diagnosticadas em exames audiológicos, o que chamamos de perda auditiva a nível sináptico. A perda auditiva é um sintoma que alerta para essa condição, que pode ser causada por diversos motivos, dentre eles: exposição a ruídos muito altos, como o som de máquinas e música alta, ototoxicidade, idade avançada, algumas infecções, entre outras causas.

  • Acúmulo de cera no ouvido

Obstruindo as vias auditivas e impedindo a transmissão adequada das ondas sonoras para o ouvido, o excesso de cera pode provocar o zumbido, além de uma série de outros sintomas. Portanto, é importante estar sempre atento à sensação de ouvidos tampados. Pode ser apenas cerume, o que não é grave, mas causa grande desconforto até a sua total remoção. 

  • Infecções, inflamações ou lesões no ouvido

As infecções mais comuns são as otites, causadas por vírus ou bactérias. Essas infecções podem provocar inchaço ou acúmulo de secreção nos ouvidos e por esses motivos podem reduzir a capacidade de captação/condução do som pelo ouvido e consequentemente comprometendo a capacidade de identificar claramente os sons externos, provocando ou potencializando o zumbido.

  • Exposição a ruídos

Um dos principais fatores de risco quando falamos sobre perda auditiva, é a exposição a ruídos de forma inadequada (volumes acima de 85dB por mais de 8h/dia. Cada 5 dB que se eleva no volume, o tempo permitido se reduz à metade, passando desse tempo, o risco se faz presente) também pode causar zumbidos e danos irreversíveis ao sistema auditivo.

  • Doenças cardiovasculares

As doenças cardiovasculares podem causar falhas na vascularização do ouvido, afetando a irrigação e impedindo que os nutrientes e o oxigênio cheguem até o ouvido, comprometendo desta forma a funcionalidade do ouvido, o que ocasiona o zumbido.

  • Pressão alta

A pressão alta acontece quando há altos níveis de pressão sanguínea nas artérias e o coração precisa de mais esforços para bombear o sangue por todo o corpo. Com essa carga exigida, algumas regiões do corpo podem sofrer, uma delas é o ouvido. Por isso, o zumbido no ouvido pode ser percebido em pacientes hipertensos, pois alguma alteração funcional do órgão auditivo irá acontecer e o cérebro passa a potencializar os sons como resposta a essas interferências no ouvido, e o zumbido passa a ser percebido.

  • Depressão e ansiedade

Os hormônios desempenham um papel crítico no desenvolvimento e expressão de diversos comportamentos. De todos os eixos endócrinos, o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA) tem sido o mais amplamente estudado. Este eixo exerce um papel fundamental na resposta aos estímulos externos e internos, incluindo os estressores psicológicos, que é o caso do zumbido.

O zumbido por ser um fator considerado estressor, ele desorganiza esse eixo e por isso a associação com ansiedade e depressão. 

Você conhece os tipos de zumbido?

por-que-eu-ouço-zumbidos

Tendo respondido a pergunta “Por que eu ouço zumbidos?”, finalizamos explicando que o zumbido no ouvido, ou tinnitus (em inglês), é um sintoma que tem alguns tipos e é classificado como:

  • Zumbido subjetivo
  • Zumbido objetivo
  • Zumbido neurossensorial
  • Zumbido somático ou somatossensorial

Como tratar o zumbido no ouvido?

Agora que você já sabe o que é o zumbido, suas possíveis causas e seus tipos, saiba como tratar o zumbido da melhor forma!

por-que-eu-ouço-zumbidos

Como dissemos, o zumbido não tem cura na sua grande maioria, no que se entende da desativação em áreas centrais, mas os tratamentos podem melhorar muito o nível de percepção e consequentemente a qualidade de vida do paciente. Por isso é importante identificar de onde vem o problema e tratá-lo.

Se você está enfrentando este incômodo, coloque sua saúde em primeiro lugar e busque um especialista no assunto.

O Instituto Sandra Bastos de Otorrinolaringologia, o ISBO, é especializado no tratamento para zumbido ou chiado no ouvido, perda de audição e tontura e é dirigido pela Dra. Sandra Bastos, otorrinolaringologista atuante na área de Otologia e Otoneurologia – voltada ao tratamento de zumbido, chiado no ouvido, tontura, sensibilidade sonora e perdas auditivas. 

Conheça nossos serviços, tire suas dúvidas e agende uma consulta para descobrir o melhor tratamento para você, pelo nosso site ou WhatsApp: (11) 95801-6560.

Acesse nosso blog para mais conteúdos sobre a saúde auricular e confira nossas páginas no Facebook e Instagram.

Aguardamos sua visita!

Posts Relacionados

O que causa a perda de audição?

O que causa a perda de audição?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), pouco mais de 7% da população brasileira tem algum grau de deficiência auditiva, o que representa mais de 15 milhões de pessoas, entre crianças, adultos e idosos. A perda auditiva pode estar relacionada a diversos fatores,...

ler mais
Chiado no ouvido: O que pode ser?

Chiado no ouvido: O que pode ser?

Você sabia que o chiado no ouvido é muito mais comum do que imaginamos? Como o chiado no ouvido é um dos sintomas para diferentes condições, sabendo que a principal causa sempre vai ser a perda auditiva, mesmo que muito pequena, ele faz parte da vida de pelo menos 15%...

ler mais
Zumbido tem tratamento?

Zumbido tem tratamento?

O zumbido no ouvido é um problema que afeta cerca de 15 a 20% da população mundial e, apesar de haver muitas dúvidas a respeito, é importante ressaltar que ele é um sintoma, não uma doença.  Por se tratar de um sintoma, o primeiro ponto a ser investigado é o...

ler mais
Quais são os tipos de Zumbido?

Quais são os tipos de Zumbido?

Você sabia que muitas pessoas podem ter problemas por causa do  zumbido no ouvido? O zumbido no ouvido pode causar problemas diversos, como ausência ou dificuldade de concentração, dor de cabeça, ansiedade e até depressão. O que é o zumbido no ouvido? Sendo um...

ler mais
Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá 👋 Posso ajudar? Se quiser saber mais sobre marcação de Consulta e Exames é só mandar uma mensagem 😉